Tecnologia e Educação: como ensinar para as novas gerações?

Tecnologia e Educação é o tema do momento, uma vez que está cada vez mais evidente o desenvolvimento de novas tecnologias e sua influência em todos os âmbitos da sociedade, inclusive nas escolas e demais instituições de ensino.

Nesse contexto surge a necessidade de se aliar tecnologia e educação, como uma forma de poder dialogar de forma mais eficiente com as novas gerações que estão se formando.

O público mais jovem está caracterizado por pertencerem à chamada geração dos nativos digitais, ou seja, são aquelas pessoas que nasceram depois do advento da internet.

É por isso que incorporar a tecnologia com a educação aporta uma série de benefícios que ajudam a melhorar a eficiência e a produtividade na sala de aula, assim como aumentar o interesse das crianças e dos adolescentes e jovens por atividades acadêmicas.

Confira maiores informações sobre esta temática, lendo o nosso conteúdo de hoje até o final!

O que são as novas tecnologias na educação?

tecnologia e educação

As novas tecnologias na educação nada mais são do que ferramentas que fortalecem o ensino e aprendizagem, assim como aumentam as oportunidades para o acesso ao conhecimento, desenvolvimento de habilidades colaborativas e aportam valores positivos aos estudantes.

Sem dúvidas, as chamadas TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação) vieram para transformar o ensino e a forma de se relacionar nas aulas dos alunos e professores.

O uso destas tecnologias, principalmente agora, em tempos de pandemia e confinamento devido ao coronavírus, evidenciaram ainda mais a importância que as tecnologias tem para colaborar com a aprendizagem.

Principais vantagens de aliar Tecnologia e Educação

tecnologia e educação

A seguir iremos apresentar uma lista exclusiva que desenvolvemos, para todos aqueles que desejam saber quais as vantagens de se dialogar com a tecnologia e educação:

  • Facilita a compreensão: o uso de ferramentas tecnológicas motiva e faz com que os estudantes mantenham a atenção mais facilmente, fazendo com que os conteúdos sejam assimilados mais rapidamente e com qualidade.

  • Fomentam a alfabetização digital e audiovisual: os alunos adquirem as competências digitais e audiovisuais necessárias para o seu futuro profissional. Cabe destacar, por exemplo, o uso de ferramentas de robótica educativa.

  • Aumentam a autonomia do estudante: através das novas tecnologias na educação é possível desenvolver uma autoaprendizagem que ajuda as pessoas a serem mais auto suficientes e resolutivas.

  • Ensinar a trabalhar e colaborar em equipe: a tecnologia gera a interação entre os alunos e favorece o trabalho em equipe. Neste sentido, a gamificação, por exemplo, resulta numa ferramenta educativa magnífica.

  • Ajudam a desenvolver um maior pensamento crítico: internet e as redes sociais abrem aos alunos um grande número de pontos de vista e podem ensinar a debater e aceitar as opiniões alheias. Além disso, oferecem muitas possibilidades para trocar ideias com pessoas de outros países, o que coloca o aluno em contato com culturas diferentes.

  • Flexibilizam o ensino: as novas tecnologias na educação permitem que os alunos possam seguir ritmos distintos em sua aprendizagem com acesso a conteúdos adicionais ou a materiais de apoio, dependendo das necessidades específicas de cada um.

  • Agilizam a comunicação entre toda a comunidade educativa: todos os implicados no processo educativo tem acesso rápido aos mesmos recursos e a ferramentas que permitem uma interação direta sem necessidade de deslocamento.

  • Incremental a motivação: desde que se começou a utilizar as ferramentas digitais em sala de aula, os alunos se encontram mais motivados para afrontar as diferentes áreas que estudam.

  • Renovam os métodos de aprendizagem e seus processos: todos os profissionais da educação tiveram, de certo modo, que reciclar-se nos últimos anos para utilizar estas ferramentas e mudar a forma com a qual ensinam os conteúdos em sala de aula. A contínua evolução das novas tecnologias, que pouco a pouco vão incorporando-se nas aulas, acabam por aumentar a qualidade do ensino.

  • Aproveitam mais o tempo em sala de aula: as novas tecnologias na educação, especialmente aquelas que dão acesso a conteúdos online, ajudam os alunos para que possam aprender mais conteúdos em menos tempo.

Desafios para aliar Tecnologia e Educação

tecnologia e educação

Além das vantagens mencionadas anteriormente do dialogo entre tecnologia e educação, também é importante mencionar que, para se alcançar todos os benefícios mencionados anteriormente, antes precisamos encarar uma série de desafios.

Isso quer dizer que, ainda que a tecnologia possa ter um impacto muito positivo, quando utilizada do modo correto nos centros escolares, sua implementação traz uma série de desafios a serem enfrentados.

Uma transformação tão importante significa que estamos saindo de uma aprendizagem extremamente formal, calculada na memorização, para uma aprendizagem baseada na pesquisa, na análise e interpretação correta das informações e isso se traduz em algumas novas necessidades:

  • A necessidade de proporcionar formação de qualidade aos professores para que possam aproveitar os recursos tecnológicos e incorporá-los em suas aulas;

  • A importância de que os centros educativos contem com uma conexão de internet que seja suficientemente boa para ser utilizada.

  • É importante que existam incentivos econômicos governamentais que busquem incorporar essas novas tecnologias em sala de aula;

  • É provável que encontremos uma série de resistências nesses meios, sobretudo daqueles setores mais conservadores de educação, ou por aqueles que estejam menos familiarizados com as novas tecnologias no âmbito na educação de escolas e demais centros de ensino;

  • A introdução da tecnologia no espaço da sala de aula implica a necessidade de aprender a trabalhar em equipe e de forma mais colaborativa, algo que os alunos geralmente não estão acostumados e precisaremos de algum tempo de adaptação e aprendizagem;

  • Ao introduzir as novas tecnologias nos espaços das salas de aulas, estamos abrindo uma discussão pautada na necessidade de mudanças de paradigmas na educação, mudanças estas que perpassam os conteúdos programáticos das instituições e até mesmo os sistemas de avaliação, já que será necessário adaptar-se a nova realidade e as demandas das novas gerações, que sem sombra de dúvidas irá dialogar cada vez mais com as novas tecnologias.

Conclusão

Ao longo do nosso artigo de hoje, tratamos sobre um assunto muito importante, que é a necessidade de diálogo entre tecnologia e educação, principalmente quando o assunto são as novas gerações que estão se formando atualmente.

Desse modo, cabe refletir sobre essa questão e buscar cada vez mais garantir espaço para que as novas tecnologias sejam inseridas com naturalidade na vida das pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*