Importância da Educação Inclusiva nos processos escolares

A educação inclusiva responde ao desafio de oferecer uma educação melhor para todos, na qual qualquer criança pode participar da vida escolar que os pais escolhem, com outras crianças da idade e com o apoio necessário para sua participação plena. Não é uma estratégia encaixar as pessoas nos sistemas e estruturas da sociedade, trata-se de transformar esses sistemas e estruturas para torná-las melhores para todos.

Educação inclusiva

Essa educação permite a participação de todos os alunos nos processos escolares, garantindo uma boa experiência e apresentando bons resultados.

Além disso, ela também enfatiza os grupos de estudantes que podem estar em risco de marginalização, exclusão ou baixo desempenho, para garantir que sejam monitorados e determinar as etapas necessárias para sua presença, participação e desempenho próprio no sistema educacional.

Reconhece a necessidade de atender a múltiplas variáveis ​​ambientais diante de abordagens focadas exclusivamente nos problemas ou deficiências dos alunos.

Pretende-se que mudanças metodológicas e organizacionais para atender às necessidades dos alunos com características específicas beneficiem a todos; Os alunos que encontram barreiras ambientais à participação passam a ser considerados um estímulo que pode promover o desenvolvimento em direção a um ambiente de aprendizado enriquecido.

  • Promove a excelência de todos os alunos, projetando ambientes escolares que estimulam a participação, promovem relações sociais e o sucesso da escola para todos;

  • Promove uma filosofia em que todos os membros da sala de aula são importantes e, portanto, eles pensam nas necessidades e habilidades de todos;

  • Convida a incorporação de novas práticas pedagógicas por toda a comunidade acadêmica, o que permite que seus alunos alcancem o sucesso escolar de acordo com as características de cada uma.

A educação inclusiva é um processo de fortalecimento da capacidade do sistema educacional de alcançar todos os alunos, implica a transformação de escolas e outros centros de aprendizagem para atender a todas as crianças e adolescentes pertencentes a grupos étnicos e linguísticos minorias ou populações rurais, aquelas afetadas pelo HIV e AIDS / SIDA ou com deficiências e dificuldades de aprendizado – e também para proporcionar oportunidades de aprendizado para todos os jovens e adultos (UNESCO, 2009).

Todas as crianças e jovens do mundo, com seus pontos fortes e fracos, com suas esperanças e expectativas, têm direito à educação. Não são os sistemas educacionais que têm direito a certos tipos de crianças. É por isso que o sistema educacional de um país é aquele que deve ser ajustado para atender às necessidades de todas as crianças e jovens.

Sobre a educação inclusiva

A educação inclusiva é um caminho para alcançar uma educação de qualidade para todos, pois: 

Educação inclusiva

  • Oferece uma educação de qualidade, sem discriminação de qualquer natureza;

  • Avança para uma abordagem que considere a diversidade de identidades, necessidades e capacidades das pessoas, favorecendo o acesso total, a conclusão de estudos e as realizações de aprendizagem de todos, com atenção especial àqueles que estão em situação de risco de exclusão;

  • Elimina ou minimiza as barreiras que limitam o aprendizado e a participação de todos os alunos. Muitos estudantes enfrentam dificuldades porque suas diferenças nos processos de ensino e aprendizagem não são levadas em consideração, reduzindo sua acessibilidade ao currículo e sua capacidade de aprender.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*